quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Resenha: As vantagens de ser invisível

Postado por Ingrid Wildberger às 20:42
Eu quero ser infinita, eu sou infinita, eu me sinto infinita. 

Ler "As vantagens de ser invisível" foi uma experiencia fantástica, e com toda certeza um dos melhores livros que eu já li ate agora. A autora Stephen Chbosky faz refletir em quem você é, o personagem Charlie te encanta com o seu jeito sincero. Quando terminei de ler o livro, me deu vontade de voltar para ler de novo com mais atenção(mais do que já estava) a escrita nas cartas que Charlie escrevia. 
Nessa obra acompanhamos a história de Charlie, um garoto solitário e com uma visão de mundo complexa. Sem amigos e sem grandes emoções na sua vida, ele divide conosco sua história a partir de cartas para um amigo anônimo. 
Seu dia-a-dia é bem monótomo, mas ao mesmo tempo, as suas cartas são cheias de vida, de acontecimentos. E isso porque Charlie é bastante observador e analista, o que acaba tendo comentários incríveis para o seu amigo anônimo. 
Na verdade, ele é um garoto incompreendido. O seu melhor amigo cometeu suicídio, sua tia querida e amada morreu, seus pais o tratam com extrema cautela e sua irmã tem seus próprios problemas para cuidar. Já que ele não tinha nada o que fazer, o jeito era seguir e sobrevivendo a cada dia que passa. 
Mas um belo dia, a sua vida muda quando três pessoas entram nela: Bill - seu professor, Sam e Patrick. A partir dai ele vivi experiencias inesquecíveis, lê livros incríveis, e passa a ser ator e não espectador. Charlie começa a viver infinito. 
Festas, mais amigos, novas experiencias e ate o amor fazem parte da sua nova rotina. E Charlie esta disposto a experimentar de tudo para aproveitar cada momento de sua vida. 
Somos envolvidos por sua vida e podemos observar com segurança e proximidade a visão de mundo de Charlie. 
Acompanhar um ano na vida de um personagem foi intenso. A história as relações de amizade e de família de um jeito incrível, nos transportando de volta a adolescência, naquela fase de questionamento e de descobertas. 
O livro fez tanto sucesso, que a história dele se tornou real. No facebook tem um grupo chamado Projeto Diário (grupo: https://www.facebook.com/groups/703189486381622/), nele você pede para alguém ser o seu diário, deixa o seu e-mail e todo dia você tem que mandar um e-mail dizendo como foi o seu dia, suas angústias e seus conflitos. Assim como você manda, você também pode receber de uma pessoa. Eu já participei do projeto, eu já fui diário de alguém e alguém já foi o meu diário, e eu garanto que é uma experiência muito boa. 
Depois de você ler o livro e participar do Projeto, você se sentirá infinito. :)

1 comentários:

Paloma Marcarini on 6 de fevereiro de 2014 07:40 disse...

Adoro esse livro e o filme também!
http://fashionelas.blogspot.com.br/

Postar um comentário

 

Livros da Madrugada Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos