terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Resenha: Um caso perdido

Postado por Ingrid Wildberger às 12:15 1 comentários
Nome do livro: Um caso perdido
Ano de publicação: 2014
Autora: Collen Hoover
Editora: Galera Record
Lido em: Julho de 2014
Páginas: 384

Nota: 

Sinopse: Às vezes, descobrir a verdade pode te deixar com menos esperança do que acreditar em mentiras... Em seu último ano de escola, Sky conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente.
Resenha: Eu nem acredito como eu ainda não fiz essa resenha antes! Eu AMO esse livro! Mas vamos começar: o livro "Um caso perdido" é o primeiro livro da trilogia "Hopeless" escrito pela autora Collen Hoover. Sky Davis é uma garota de 17 anos, que mora com Karen, sua mãe adotiva, ela sempre estudou em casa e nunca teve contato com a tecnologia(televisão, computador, celular), pois sua mãe não é fã de tecnologia e acha que os livros é a chave para tudo. Sky tem uma melhor amiga chamada Six, ambas "colecionam" relacionamentos, e todos eram superficiais, mas nunca chegava aos finalmente com nenhum deles, ela também não se deixava se envolver emocionalmente, nunca sentiu que aquele cara era O cara certo, e com isso para ela sempre era uma diversão. Prestes a completar 18 anos, Sky convence a mãe que ela queria terminar seus estudos em um colégio, mesmo com fama de "puta" por ela ficar com tantos homens, ela não se importava com essa fama, só queria terminar os estudos como todo mundo terminava: em um colégio com vários colegas. Um belo dia, ela sem querer, acaba conhecendo Dean Holder, um cara lindo, forte, com covinhas, estilo bad boy e que tem uma tatuagem escrito "hopeless", e ele vai virar a vida de Sky de cabeça pra baixo, vai te tirar da sua zona de conforto. Dean Holder é um "caso perdido" e assim como Sky ele também tem uma má fama. Com o tempo Sky e Holder vão criando um relacionamento intenso e cheio de história, mas nem todo relacionamento são como rosas em campos cheio de flores, com o sentimento que ela tem por ele, Sky acaba desencadeando lembranças terríveis vindas de um passado trágico que há muito tempo ela reprime. 
        É um livro muito envolvente e um pouco chocante, para quem não esta acostumado com este tipo de leitura eu diria que é um livro pesado. Não é simplesmente um livro de romance, é um livro trágico, de suspense e muito drama, e claro impactante. Eu não estava acostumada de ler livros com temas sérios, e por isso eu fiquei muito impactada com ele, mas no final deste livro, me fez pensar bastante a respeito da nossa realidade. É uma leitura que te envolve com muita facilidade, e eu recomendo para todo mundo ler. 
       Para os amantes deste amado livro, e para quem esta ansioso, como eu estou, a editora Galera Record está lançando o seu segundo livro "Sem Esperança" vai entrar nas livrarias em Março(se eu não me engano) deste ano de 2015. Estou muito ansiosa para descobrir a história por trás de Holder, o que ele pensa sobre tudo isso, e seus sentimentos. 

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

TAG: Hábito de leitura

Postado por Ingrid Wildberger às 11:49 0 comentários
Olá pessoal, como vocês estão? Pra quem não sabe o blog tem um instagram @livrosdamadrugada, e eu vi essa TAG no Instagram da @amorporliteratura_ (sigam esse insta, ela é fabulosa!), me interessou bastante a TAG e vim fazer aqui no blog para vocês. Então vamos lá?! 

1 - Você tem um lugar específico na sua casa para ler?
Eu leio em todos os lugares da casa, mas eu amo ler no meu quarto e no quarto do meu irmão(quando eu durmo lá), para mim são os dois lugares mais aconchegantes para ler um bom livro, ainda mais deitada na cama. 

2 - Marcador de página ou um pedaço aleatório de papel?
Marcador de página, com toda certeza! Claro que se eu começar um livro em um lugar onde eu não esteja com o meu marcador, ai coloco um papel qualquer, mas na maioria das vezes é um marcador de página. Para quem não sabe eu coleciono marcadores e tudo que é relacionado(em breve farei post sobre isso). 

3 - Consegue simplesmente parar de ler ou tem que terminar o capítulo ou um número de páginas específicas?
Depende muito. Quando eu estou de férias eu leio muito durante a tarde, e eu consigo terminar um capítulo , e se o livro me envolver muito eu leio mais que um capítulo. Mas quando as aulas da faculdade voltam, eu leio geralmente de noite(pois é o único tempo livre), e na maioria das vezes eu fico cansada ai eu nem termino o capítulo, eu paro no meio e termino no outro dia. 

4 - Você come ou bebe durante a leitura?
Quando estou com aquela fome de não aguentar mesmo e estou lendo um livro, eu pego algo para comer e continuo lendo, mas eu evito comer quando leio, pois eu tenho medo de sujar o livro. Antigamente tomava café ou capuccino lendo, mas por motivos de saúde tive que parar com o meu vício do café(#saudadescafé), ai eu hoje em dia tomo uma água ou um chá para ler. 

5 - Música ou tv enquanto está lendo?
Eu gosto de ler em silêncio, não consigo me concentrar com barulho no fundo, no máximo a televisão só com a imagem e sem som. 

6 - Um livro de cada vez ou vários ao mesmo tempo?
Um livro de cada vez, por favor. Eu não consigo ler mais de um livro, eu já tentei ler dois livros ao mesmo tempo, e não deu muito certo, acabei confundindo as histórias, ai depois desse dia preferi ler um livro de cada vez; 

7 - Ler em casa ou em qualquer lugar?
Eu geralmente leio em casa, não consigo ler na fila de um banco ou algo parecido. Os únicos lugares que eu consigo ler, é quando eu chego muito cedo na faculdade ai eu sento e fico lendo até a aula começar ou até eu falar com algum colega, ou na casa do meu namorado. 

8 - Ler em voz alta ou em silêncio na sua própria cabeça?
Ler em voz alta só quando eu estou alguma matéria difícil da faculdade, fora isso, eu geralmente leio em silêncio, principalmente livros de literatura, eu prefiro ler na mente que eu entendo melhor.

9 - Você lê o que está na frente ou até pula as páginas?
As vezes olho algumas coisas, mas sou contra spoilers, e por conta disso eu não pulo páginas. 

10 - Rachar a lombada ou manter o livro como novo?
Eu nunca destruiria meu livro(já disse que sou contra o "Destrua este diário"?!), eu tenho muito cuidado com todos os meus livros, sempre limpo a estante e limpo eles, descobri esses dias que alguns livros estavam com as folhas amareladas, e me perguntei o poque, mas descobri que era o tipo do papel. Mas todas as lombadas e capas são muito bem cuidadas. 

11 - Você escreve nos seus livros?
Não, eu geralmente não escrevo nos meus livros, mas eu acho que vou começar a escrever os meus nomes em lápis e com delicadeza nos meus livros, para saber que é meu. Mas fora isso eu não escrevo neles, e nem risco. 

Bom pessoal, é isso ai. Espero que tenham gostado da TAG, e em breve terá mais. 

Resenha: A Escolha

Postado por Ingrid Wildberger às 11:10 0 comentários
Nome do livro: A Escolha
Ano de publicação: 2014
Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Lido em: Fevereiro de 2015
Páginas: 352

Nota: 

Sinopse: A Seleção mudou a vida de trinta e cinco meninas para sempre. E agora, chegou a hora de uma ser escolhida. America nunca sonhou que iria encontrar-se em qualquer lugar perto da coroa ou do coração do Príncipe Maxon. Mas à medida que a competição se aproxima de seu final e as ameaças de fora das paredes do palácio se tornam mais perigosas, América percebe o quanto ela tem a perder e quanto ela terá que lutar para o futuro que ela quer. Desde a primeira página da seleção, este best-seller #1 do New York Times capturou os corações dos leitores e os levou em uma viagem cativante ... Agora, em A Escolha, Kiera Cass oferece uma conclusão satisfatória e inesquecível, que vai manter os leitores suspirando sobre este eletrizante conto de fadas muito depois da última página é virada.
Resenha: É o ultimo livro da trilogia "A Seleção" da autora Kiera Cass, eu fiquei um pouco triste quando terminei a trilogia, pois eu estava gostando muito do livro, e estava torcendo com todas as forças por America. O livro terminou de uma forma triste e alegre, na minha opinião. Neste livro, vamos encontrar America determinada a conquistar o príncipe Maxon, e vamos ver muitos conflitos entre ela e o rei, por conta do que esta acontecendo em Illeia. Não tenho muito o que contar sobre ele, pois senão eu irei da spoiler e não acho justo com vocês. Mas o que eu tenho que falar, é que vale a pena ler a trilogia toda, pois é excelente, a forma como Kiera Cass escreve, simplesmente me prendeu de um jeito que eu não queria largar mais o livro. 

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Resenha: O Projeto Rosie

Postado por Ingrid Wildberger às 13:10 4 comentários
Nome do livro: O Projeto Rosie
Ano de publicação: 2013
Autora: Graeme Simsion
Editora: Record
Páginas: 320

Nota: 

Sinopse: Don Tillman, 39 anos, musculoso e tão bonito quanto Gregory Peck, é professor de genética e nunca teve uma namorada. Em seu estrito cronograma de atividades, todas as tarefas são calculadas para garantir o menor desperdício de tempo. Nada de imprevistos ou de surpresas; diretrizes para que Don não precise recorrer às suas baixíssimas habilidades sociais. Mas, na busca pela esposa perfeita, ele vai precisar de muito mais que a ajuda do questionário que desenvolveu para selecionar candidatas. E, quando Rosie Jarman entra em seu escritório - um exemplar totalmente inadequado ao seu perfil -, o imprevisto, o impulso e a emoção passam a ser as novas regras. 
Resenha: Eu confesso que eu comprei o livro pela capa, porque ela é linda, e também pensei que iria ser uma história bem bacana. Mas na minha opinião, o livro não é muito bom, eu achei o livro meio cansativo, enrolei muito para ler. Mas vamos lá: 
       O livro é narrado por Don Tillman, um geneticista extremamente solitário. Leva a vida toda regrada, tudo do dia dele tem que ser programado, e se tiver algo fora do lugar ele fica incomodado. Tem poucos amigos e sente falta de ter sua cara metade, ou seja, uma esposa. E para conseguir uma esposa, ele inventa de fazer um questionário de seleção para as "selecionadas" e começa a distribuir as interessadas. Até que um belo dia, ele se bate com Rosie, uma mulher que nem sabia do questionário, mas vira sua vida de pernas pro ar. E a partir daí tudo começa. 
       Eu achei a historia um pouco fofinha, mas não encheu meus olhos, por isso eu dei a nota tão baixa. Mas não desanimem por eu estar falando isso, pois conheço várias pessoas que adoraram o livro, então se você gosta de uma história de amor fofa e um pouco divertida com ar de cientista, então você vai gostar. 

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Resenha: A Elite

Postado por Ingrid Wildberger às 16:13 0 comentários
Nome do livro: A Elite
Ano de publicação: 2013
Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Lido em: Janeiro de 2015
Páginas: 354

Nota: 

Sinopse: A Seleção começou com 35 garotas. Agora, restam apenas seis e a competição para ganhar o coração do príncipe Maxon está acirrada como nunca. Quanto mais America se aproxima da coroa, mais se sente confusa. Os momentos que passa com Maxon parecem um conto de fadas. Mas  sempre que vê seu ex-namorado Aspen no palácio, trabalhando como guarda e se esforçando para protegê-la, ela sente que é nele que está o seu conforto. America precisa de mais tempo. Mas, enquanto ela está às voltas com o seu futuro, perdida em sua indecisão, o resto da Elite sabe exatamente o que quer - e ela está prestes a perder sua chance de escolher. 

Resenha: Em "A Elite" é a segunda fase da Seleção, onde restam apenas seis garotas disputando a coroa. Porém, durante o livro, encontramos America um pouco perdida e cheia de dúvidas. Quando Maxon revela os reais sentimentos, ela começa a se perguntar se a coroa e a vida no palácio é o que ela realmente quer, pois é uma realidade diferente do que ela esta acostumada. Mas ela fica em uma luta interna, em um triângulo amoroso, pois não sabe a quem decidir se ela quer Maxon ou Aspen, e ela se sente insegura com Maxon ao fatos que ocorrem durante a história. É um livro que tem que ter muita paciência ao ler, pois quando você acha que ela conseguiu encontrar a resposta, ela vai e cria confusão atrás da outra. O livro também, envolve muito pro lado político, a cada capítulo tem questionamentos sobre a política no país. 
         Não tem muito o que falar sobre o livro, pois se eu comentar mais eu vou dar spoilers(e eu não quero isso). Mas eu estou muito ansiosa para o terceiro livro, para finalmente descobrir o que vai acontecer no final de tudo! 

domingo, 25 de janeiro de 2015

Vamos falar sobre Meg Cabot?

Postado por Ingrid Wildberger às 15:23 5 comentários
         Olá pessoal! Hoje eu vou falar de um tema que estou adiando já faz um certo tempo. É um assunto muito gostoso de se falar. Vou falar de uma autora maravilhosa: Meg Cabot! 
           Eu comecei a entrar no mundo literário quando o meu pai me deu um livro no Natal, eu tinha 7 anos, mas quem me prendeu ao mundo dos livros foi Meg Cabot. O primeiro livro dela que eu li foi "Garoto encontra garota", eu grudei e não queria parar de ler. Eu no momento tenho "Garoto encontra garota", "Tamanho 42 não é gorda"(tenho a sorte e o prazer de ter com a capa antiga) e "Tamanho 44 também não é gorda", eu ainda vou completar a série Tamanho. Com o passar dos anos, e com a idade chegando eu fui lendo outros estilos literários, e acabei deixando de lado o mundo Infanto Juvenil um pouco de lado. Mas eu pretendo ainda esse ano voltar a ler os livros da Meg, porque eu ainda acho que ler os livros da Meg Cabot não tem idade, e é até gostoso voltar a ler, porque te faz lembrar a sua pré - adolescência. Este ano já foi confirmado que ela vem para uma Bienal na Bahia(na cidade de Cachoeira) - bem que poderia ser em Salvador, ne? Mas fiquei muito feliz por saber que ela vem, e para comemorar isso, este ano pretendo(tentar) voltar a ler os livros dela. E pra começar eu pretendo ler a série Princesa: 
         Eu queria pegar com a capa antiga, mas infelizmente, hoje em dia estão vendendo só com a capa nova, e eu acho que para ter as capas antigas só em cebo. Eu assisto os dois filmes ate hoje do "Diário de uma princesa", e eu sempre quis ler todos os livros! Só que são 10 livros, e fica complicado juntar tudo e ler tudo. Mas pretendo tentar este ano conseguir ler! 
           Outra série que eu tenho muita vontade de ler é A Mediadora: 
        Eu sempre tive vontade de ler "A Mediadora", todas as minhas amigas que lê livros já leram, e eu ainda não li! E eu tenho muita curiosidade de ler. Eu não gosto muito da ideia de histórias de vampiros e amor, mas me falam que é muito bom, e que não vou enjoar da história e nem me importar, porque a história te envolve muito. E eu to enrolando muito para ler eles, mas este ano eu vou tentar ler eles! 
           E por último, uma trilogia A Rainha da Fofoca:
         É outra séria, quer dizer, trilogia, que eu estou enrolando demais para ler. Eu sempre quis ler "A rainha da fofoca", a minha melhor amiga leu os três livros e ela esta fazendo campanha desde cedo para eu ler, e eu sempre tive curiosidade para ler. Então este ano eu pretendo ler, sim! 

        Bom pessoal, é isso. Eu vim compartilhar o meu amor da minha querida Meg Cabot com vocês, espero de verdade que este ano eu consiga voltar a ler os livros dela. E ter dinheiro para ir até a Bienal de Cachoeira para ver ela, porque vai ser um sonho a ver pessoalmente, porque ela  fez toda a diferença na minha adolescência, tenho muito que agradecer a ela. 

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Resenha: A Seleção

Postado por Ingrid Wildberger às 08:49 1 comentários
Nome do livro: A Seleção
Ano de publicação: 2012
Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Lido em: Janeiro de 2015
Páginas: 327

Nota: 


Sinopse: Para trinta e cinco garotas, a Seleção é a chance de uma vida. É a oportunidade de ser alçada a um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha. Para America Singer, no entanto, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás o rapaz que ama. Abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes. Então America conhece pessoalmente o príncipe - e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que nunca tinha ousado imaginar

Resenha: Em "A Seleção" a gente conhece America Singer, uma garota simples e em uma família simples, Ela vivi em um país chamado Illéa, onde é dividido em 8 castas, sendo que a casta 1 é da família real e a casta 8 é para as pessoas mais pobres, America pertence a casta 5. America e sua família trabalham com música e arte, ou seja, é uma família de artistas, e eles trabalham duro para colocar comida na mesa, assim como Aspen, o namorado secreto de America, já este é da casta 6, uma casta que sofre ainda mais. O país é dividido em uma desigualdade social enorme, onde os mais pobres são tratados praticamente iguais, ou pior. Em Illéa, as pessoas sofrem com a pressão do toque de recolher, burocracia na mistura das castas, lei que proibi casais terem relações sexuais antes do casamento para não aumentar a população, e para aqueles que são pegos infligindo as leis, a pena é de morte, e para piorar eles(incluindo a família real) são alvos dos rebeldes, que vivem invadindo as terras e o palácio para criar uma rebelião.
      Apesar do livro ter um cenário um pouco político, tem também muito e muito romance. É um livro leve e muito gostoso de se lê, eu li em 3 dias e estou muito, MUITO ansiosa para o segundo livro! Preciso saber o que vai acontecer nos próximos capítulos! Em breve irei comprar o segundo livro, e sim, vai ter resenha dele também. 
      Pra quem gosta de livros meio históricos, meio competitivo, e principalmente, quem gosta do tema Princesa e Príncipe, Rei e Rainha, vai adorar esse livro! É cheio de emoção, e também é muito engraçado, eu dei várias risadas. 

SORTEIO!!!

Postado por Ingrid Wildberger às 08:10 0 comentários
Olá pessoal!
Esta rolando o primeiro sorteio do blog e do instagram. E para participar é muito fácil!


1 - Me segui no Instagram: @livrosdamadrugada
2 - Curtir a foto oficial
3 - Postar essa foto no seu instagram, me marcar na foto e colocar a hashtag #sorteiodamadrugada

Viu, só? É muito simples! O resultado vai sair no dia 31/01, a entrega do livro vou botar para o dia 1/02. Boa sorte, pessoal! Que a sorte esteja ao seu favor! 

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Taylor Swift Book Tag

Postado por Ingrid Wildberger às 10:04 0 comentários
Olá pessoal! 
Hoje eu vou postar uma tag, que eu queria fazer já faz bastante tempo, mas só tive tempo de fazê-la agora. Ela consiste em: pegar as músicas do álbum da Taylor Swift e de acordo com as músicas eu indo ligando com os livros. Antes de começar, quero falar para vocês que eu não vou poder tirar as fotos dos meus livros, pois eu não estou na minha cidade, eu estou viajando, então infelizmente as fotos serão tiradas de internet. 
Então, vamos começar! 

1. We Are Never Ever Getting Back Together – escolha um livro ou série que você estava amando, mas que depois você decidiu que queria “terminar” com ela.

Para essa eu escolhi o livro "Percy Jackson - O último olimpiano". Muita gente gosta do Percy Jackson, eu no começo estava até começando a gostar, mas depois comecei a ficar enjoada, não via mais aquela paixão que tava tendo no início. Apesar de eu ter lido todos os livros, porque claro, queria saber o que acontecia no final de tudo, eu passei a não gostar tanto. 
2. Red – escolha um livro com a capa vermelha.

Eu tenho três livros de capa vermelha, e foi meio difícil de escolher qual o melhor livro para colocar aqui, foi então que eu escolhi "Fazendo meu filme 2" porque a história se passa na Inglaterra, e o meu sonho é ir visitar a terra da rainha, e também é uma história muito envolvente. 
3. The Best Day – escolha um livro que faça você se sentir nostálgica (o). 

Eu escolhi "O futuro de nós dois", ele por si já é bastante nostálgico. A história se passa nos anos 90, ou seja, não tinha internet direito e ninguém nem sabia o que era um facebook. Quem viveu os anos 90 sabe o quanto o livro é nostálgico, eu lembrei da minha infância ao ler ele, e me bateu saudades daquela época. 
4. Love Story – escolha um livro com uma história de amor proibida.

Para essa categoria eu escolhi o livro "Azul é a cor mais quente", conta história de duas lésbicas, e eu sou apaixonada pelo filme, o livro então.... é mil vezes melhor! Fiquei torcendo muito para que elas ficassem juntas. 
5. I Knew You Were Trouble – escolha um livro com um personagem mau, mas que apesar disso, você não conseguiu resistir e se apaixonou

Eu escolhi o livro "Harry Potter  e as relíquias da morte", eu li ele em E-book. Apesar de Draco Malfoy ser do mau, no fim das contas não resisti, ele é um cara que desde o início sou apegada, e no final ao meus olhos ele não é aquilo que todo mundo pensava ser. 
6. Innocent (written b/c of Kanye West!) – escolha um livro que alguém estragou o final para você (spoiler!).

O livro "A Seleção" eu estou lendo o livro neste exato momento. Mas ontem me deram um spoiler tão grande, desse primeiro livro e do último livro. Eu fiquei muito chateada, de verdade! Mas eu não  vou desistir do livro, vou continuar lendo a série. 
7. You Belong With Me – um livro que você está ansiosa (o) para que seja lançado e que você possa ler. 

É claro que é o livro "Sem esperança", eu estou louca para ler este livro!! É o segundo livro da série "Um caso perdido", eu amo esse livro, e estou muito ansiosa para ler o segundo! Estou contando os dias para comprar ele logo, e ler! 
8. Forever and Always – esolha o seu casal literário favorito.

O livro "Onde deixarei meu coração", eu adoro esse livro, e sem duvida é o meu casal favorito. Fora que isso tudo acontece em Paris, outro lugar que desejo muito visitar! s2
9. Come Back, Be Here – escolha um livro que você não gosta de emprestar por medo de nunca mais voltar.

Com toda certeza, todos os livros de John Green! Eu sou apaixonada pelo tio João Verde, e eu tenho muito ciúmes de emprestar os livros dele. Teve uma vez que eu emprestei "O teorema Katherine" mas emprestei com um aperto no coração, porque ficava com muito medo de não devolver, mas felizmente a menina me devolveu todo inteiro! Mas  se hoje em dia alguém me pedir para eu emprestar algum livro dele, eu na certa direi que não, por causa do ciúmes, haha.
10. Teardrops On My Guitar – escolha um livro que te fez chorar muito.

Nenhum livro me fez chorar, então eu não tenho um livro que eu chorei muito. Mas foi colocar aqui "A culpa é das estrelas" porque o filme me fez chorar horrores, de chegar a soluçar. Mas o livro me tocou também. 

Ufa! Finalmente terminei! Tem umas duas perguntas que eu tirei, porque eu não tinha os livros ou não tinha sentido nada. Mas eu consegui concluir mais uma tag por hoje, espero que tenham gostado! 


terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Resenha: Sem clima para o amor

Postado por Ingrid Wildberger às 16:37 0 comentários
Nome do livro: Sem clima para o amor
Ano de publicação: 2006
Autora: Rachel Gibson
Editora: Jardim dos livros
Lido em: Dezembro de 2014
Páginas: 318

Nota: 


Sinopse: Sem Clima para o Amor é um livro divertido, daqueles que te faz suspirar. A principal personagem, Clare Wingate é assim, uma hora sofre porque o vestido rosa-choque não será mais usado, num outro momento pega o namorado em posição constrangedora com outro homem e depois, quando decide dar uma trégua e se dedicar apenas ao trabalho, encontra o amigo de infância, Sebastian Vaughan. Os beijos são inesquecíveis e ela não tem vontade de ir embora.

Resenha: "Sem clima para o amor" é uma história leve, moderna e muito divertida. Clare Wingate é uma mulher muito romântica por natureza, e apesar de ser controladora consigo mesma, ela acredita no amor a primeira vista. A profissão dela é escrever livros de romances de época para mulheres, porém a mãe não a apoia a profissão da filha. Ela já teve várias desilusões amorosas, não encontra o grande amor, até que um dia ela encontra o homem perfeito, tudo que uma mulher pede para ser seu noivo, tudo estava perfeito até que um dia ela descobre que o noivo é gay! Com essa descoberta, ela desmancha o casamento e fica triste por não conseguir o amor que ela tanto quer. A partir dessa descoberta, ela começa a afogar as mágoas na bebida, e com isso no dia seguinte ela se assusta ao se ver em um quarto de hotel com um homem, mas não é qualquer homem, é Sebastian, um amigo de infância, o filho do jardineiro. Depois de anos sem ver Sebastian, ela se assusta e tenta conversar com ele ainda em choque com a situação. E a partir daí tudo começa, os dois sempre entraram em brigas, e Sebastian começou a visitar o pai para ver Clare mais vezes, e a partir daí os dois começam uma aventura que a protagonista nunca poderia imaginar. 

É um livro ótimo de se ler, porém me decepcionei um pouco como a autora colocou o final, mas a história em si é bastante divertida, eu ri o tempo todo. 

sábado, 17 de janeiro de 2015

Resenha: Onde deixarei meu coração

Postado por Ingrid Wildberger às 14:47 2 comentários
Nome do livro: Onde deixarei meu coração
Ano de publicação: 2014
Autora: Sarra Manning
Editora: Galera Record
Lido em: Dezembro de 2014
Páginas: 336

Nota: 

Sinopse: careta e sem graça. É assim que Bea se vê. Então quando a super descolada Ruby e seu bando de populares passam a se interessar por sua opinião, isso só pode ser uma pegadinha. Certo? Pelo menos é assim que sempre acontece nos filmes… Mas o convite para passarem as férias em Málaga parece pra valer. E com um bônus: Bea pode se afastar da mãe irritante e controladora. No entanto, depois de apenas 48 horas na Espanha, Bea se flagra mudando o itinerário. A menina decide visitar Paris para encontrar o pai que nunca conheceu. Afinal, a cidade luz pode emprestar um pouco de clareza a um período nebuloso de sua vida familiar. No caminho, ela conhece Toph, um estudante americano mochilando pela Europa. Enquanto procuram pelo pai dela nos cafés e boulevards de Paris, ela perde a cabeça em vez disso. Será que Bea é a garota de Toph ou a boa menina que sua mãe espera que ela seja? Ou será esse o verão mágico em que Bea finalmente torna-se dona do próprio nariz?
Resenha: "Onde deixarei meu coração" é uma história leve e muito divertida. O livro conta a história de Bea, uma adolescente de 17 anos, mas não é uma adolescente comum, é uma menina certinha e tem uma vida completamente regrada, e por conta disso ela própria se acha sem graça. Tudo começa quando Ruby e suas amigas começam a se aproximar dela, e claro ela pensou que isso se tratava de uma brincadeira de muito mau gosto. Desconfiada, ela se sente deslocada com aquelas garotas baladeiras e namoradeiras, pois não eram do seu estilo, porém a vida dela passou da vida regrada para ter uma vida com mais saídas. Tudo mudou quando o grupo da Ruby a chama para viajar de férias à Europa, considerando seus problemas com a sua mãe super protetora, mas Bea resolve ser rebelde e consegue viajar com as meninas. Durante a viajem, a Ruby e o grupo começam a ser muito maldosas e com isso Bea se revolta e compra uma passagem para Paris, que é o sonho dela conhecer. Durante a aventura de viajar sozinha, ela se perde e acaba conhecendo um grupo universitários americanos, entre eles o Toph. E com isso Bea começa a ter a viagem dos seus sonhos, e se sentir livre, e mais relaxada longe da mãe protetora. Os universitários cansados de Paris, volta para os EUA, mas uma pessoa não volta, o Toph, ele fica em Paris e com isso os dois viveram várias aventuras. 

Onde deixei o meu coração é um excelente livro para quem tem espírito aventureiro, romântico e apaixonado por Paris. E mostra muito a questão de mãe e filha, um fator que acontece muito nos tempos modernos, pois a mãe de Bea a engravidou muito jovem, então tem todo um trama em relação a isso. Lembrando que o livro é destinado para o Jovem Adulto. 

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

10 livros para 2015

Postado por Ingrid Wildberger às 09:52 5 comentários

Olá pessoal, hoje eu vou separar para vocês 10 livros que eu quero ler em 2015, eu achei que não ia conseguir separar 10 livros, na minha cabeça só iria conseguir 5 livros, mas me surpreendi que no total deu  10 livros, claro que alguns estão na minha estante e estou pra ler já faz um tempinho, mas sempre fico enrolando. Então vamos la:

1° Fallen - Lauren Kate

Sim, pessoal! Eu ainda não li Fallen e tenho muita curiosidade. Todo mundo diz que é uma saga ótima, mas que quando chega no terceiro livro não fica muito bom, por isso eu sempre enrolo para ler, porque tenho medo de chegar no terceiro livro e me decepcionar. Mas esse ano eu fiz a promessa que irei dar uma chance para ele, e espero gostar!




2° 10 coisas que nós fizemos - Sarah Mlynowski

O nome me interessou bastante, e fui direto ver a sinopse e foi amor a primeira vista. Parece ser um livro bastante divertido! Esse ano vou apostar em livros mais alto astral, e eu achei esse perfeito para abrir o ano. E é de uma autora que eu não conheço, então mais um motivo para eu ler ele em 2015.


3° Mentirosos - E. Lockhart

Eu ouvi alguns blogueiros e amigos meus dizendo que o livro é meio pesado, e retrata de temas muito interessantes. Eu estou muito ansiosa para lê-lo, e ao meu ver vai ser um livro que será lido em 3 dias.






4° A seleção - Kiera Cass

Eu necessito ler ele! Ainda mais que eu soube que esse ano irá lançar o quarto livro. Eu sempre o vi nas livrarias e eu não chegava a pegar, e me perguntava o porque não li até hoje, o porque de tanto enrolar. Mas esse ano eu vou conseguir ler ele, e vou conseguir ler os outros dois livros da trilogia.




5° Melancia - Marian Keyes

Eu tenho este livro na minha estante desde 2013 e até hoje não li! Eu li "Férias" e "Los Angeles" mas eu não li "Melancia" e me pergunto o porque eu não li até hoje, e eu também me pergunto se estou lendo na ordem certa, porque dizem que tem uma ordem certa para ler os livros da Marian Keyes. Eu gosto da escrita dela, e este ano eu vou conseguir Melancia!



6° Azul é a cor mais quente - Julie Maroh

O filme é incrivelmente fantástico! Eu tenho este livro na minha estante, não é um estilo que eu leio, pois é em quadrinhos, mas este ano vou dar uma chance para livros em quadrinhos. E ele com certeza vai sair da estante e vou ler ele. Me falam que o livro é diferente do filme, que tem cenas que tem no livro e não tem no filme. Eu estou curiosa para saber se é isso mesmo, então é mais um livro que estou ansiosa para ler.




7° Orgulho e preconceito - Jane Austen

Eu realmente preciso ler este livro, já estou adiando muito, e não é para adiar. Este ano eu vou dar mais chances aos livros clássicos e ao romances de época, e vou abrir 2015 com a fabulosa Jane Austen. É uma autora que tenho muita curiosidade em ler.




8° Cartas na rua - Charles Bukowski

É claro que iria ter um livro do velho Bukowski, o velho mais safado que eu conheço, e um velho safado que escreve muito bem! Este livro esta na minha estante, comprei ano passado, mas por falta de tempo eu acabei não lendo ele, mas este ano eu vou ler ele, e vou me dedicar mais aos livros de Bukowski.


                               
9° Como eu era antes de você - Jojo Moyes

Eu nunca li nenhum livro dela, e todas as pessoas que eu conheço sempre me peçam para que eu leia, pois a escrita da autora é muito boa. Pelo que eu vi este livro eu vou chorar muito. E como este ano de 2015 vai ter o filme, mais um motivo para eu ler.



10° Morte Súbita - J.K. Rowling

É um livro que eu tenho muita curiosidade em ler, falam que a escrita deste livro é diferente dos livros de Harry Potter. E estão dizendo que este livro é meio pesado. A história do livro não é muito meu estilo literário, mas este ano de 2015 eu estou apostando em coisas novas.


Espero conseguir ler os livros este ano, pois estou muito curiosa para ler todos, e fazer várias resenhas para vocês.
 

Livros da Madrugada Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos